sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Arroz a Carreteiro Família Rocha


Há muitos e muitos anos, aqui em casa fazemos este arroz que é pra lá de bom e muito prático. Acho que já comentei aqui o quão fã sou dos pratos únicos. Eles poupam tempo e via de regra alimentam de verdade.

No caso do Arroz a Carreteiro, é uma iguaria Brasileira oriunda da classe dos caminhoneiros  que precisam comer bem e muitas das vezes não podem fazer uso dos alimentos perecíveis pela própria atividade, então conta a estória que os caminhoneiros costumavam misturar a carne seca com o arroz e acrescentavam a batata para balancear o sal da carne e aí fazer uma refeição rica por assim dizer.

Uma vez absorvido o conceito e com a liberdade de usar outros ingredientes, desenvolvemos o nosso Arroz a Carreteiro que meu filho chama de  BVR ( o Bom e Velho Risoto) que é gostoso, do agrado de todos e quebra um galhão quando se quer comer algo gostoso e se está sem inspiração.
Aí vai nossa receita, veja abaixo.

Ingredientes

2 xícaras de arroz branco lavado e escorrido
3 batatas inglesas grandes
250g de carne de charque picada e escaldada uma vez apenas
1 linguiça calabresa cortada em rodelas
50 g de bacon picado miudinho
20 azeitonas sem caroço cortadas em rodelas
1 cebola grande picada
1 pimentão verde picadinho
5 dentes de alho amassadinhos
3 colheres de sopa de cebolinho picado
3 colheres de sopa de coentro picado
Azeite, sal e pimenta-do-reino a gosto
2 folhas de louro
5 xícaras de água fervente

Modo de Fazer

Numa panela grande frite primeiro o bacon, retire, reserve e na mesma panela frite a calabresa e depois a charque e reserve. Acrescente, se necessário, azeite e frite a cebola, o pimentão e depois o alho, volte o bacone as carnes para a panela e misture o arroz, as batatas, o louro e as azeitonas. Adicione a água fervente e deixe cozinhar até ficar pronto. Então desligue o fogo, misture o coentroe o cebolinho e sirva imediatamente.

Olha aí o arroz !



Bom apetite a todos e até a próxima se Deus quiser!!!!!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário